Voltar

Maria

45 anos Mama, 2010, Doente
Olá! Sei que não estou só, sou uma de muitas... é espantosa a solidariedade entre as mulheres com cancro de mama! Quero aqui dizer que enfrentei o meu cancro na mama sem nunca pensar no pior. Ainda estou em tratamento mas sempre acreditei que é para ficar bem, embora com algumas limitações. Confio em mim e na força que advém de todos os que me rodeiam: a família, os amigos, os colegas e os profissionais de saúde. O cancro não mudou a minha forma de estar na vida mas mudou, para melhor, o meu relacionamento com os outros e aumentou a minha fé em Deus, que para mim é a força espiritual que nos move, uma espécie de “instinto de sobrevivência” que nos faz agarrar à vida. Tenho cancro mas não me revoltei, estou a fazer o que é necessário para tratá-lo e vou seguir em frente. Porque preciso estar viva para os que precisam de mim. E lutar pela vida é um dever. Um abraço a todas.
Voltar

Outros Testemunhos

  • Só no ano de 2013, com a ajuda da minha psicóloga, consegui dizer “tive cancro”.Só hoje consigo escrever sobre o assunto, esperando que o meu...Maria DIAS, 55 anos, Mama, 2010Ler mais
  • Há 7 anos, ao fazer a depilação nas axilas, detetei que algo não estava bem, embora não conseguisse fazer a palpação do nódulo. Fui no mesmo dia ao...Isabel Coelho, 56 anos, Mama, 2005Ler mais
  • Bom dia. Venho dar coragem a todos os doentes que estão a passar por esta doença sem aviso porque, felizmente, tenho uma tia que teve cancro da mama em...Anonimo, 42 anos, Mama, 2007Ler mais
  • Foi-me diagnosticado cancro em setembro de 2012. Os meus filhos tinham 1 e 2 anos. Tinha acabado de amamentar o meu filho mais novo. Sentia que tinha algo...Paula, 38 anos, Mama, 2012Ler mais
  • Venho por este meio deixar o meu testemunho e pedir a quem sofre deste tipo de doença, que vem sem avisar e se instala sem nós estarmos preparados, que...Manuela Miller, 47 anos, Mama, 1998Ler mais
  • Olá! Venho deixar o meu testemunho. Tudo começou a 5 de junho 2015. Estava deitada a brincar com o meu filho de 4 anos e senti dores na mama e...Susana Coelho, 39 anos, Mama, 2015Ler mais
Apoios & Parcerias