Voltar

Maria

45 anos Mama, 2010, Doente
Olá! Sei que não estou só, sou uma de muitas... é espantosa a solidariedade entre as mulheres com cancro de mama! Quero aqui dizer que enfrentei o meu cancro na mama sem nunca pensar no pior. Ainda estou em tratamento mas sempre acreditei que é para ficar bem, embora com algumas limitações. Confio em mim e na força que advém de todos os que me rodeiam: a família, os amigos, os colegas e os profissionais de saúde. O cancro não mudou a minha forma de estar na vida mas mudou, para melhor, o meu relacionamento com os outros e aumentou a minha fé em Deus, que para mim é a força espiritual que nos move, uma espécie de “instinto de sobrevivência” que nos faz agarrar à vida. Tenho cancro mas não me revoltei, estou a fazer o que é necessário para tratá-lo e vou seguir em frente. Porque preciso estar viva para os que precisam de mim. E lutar pela vida é um dever. Um abraço a todas.
Voltar

Outros Testemunhos

  • Em outubro de 2011, o meu mundo foi abalado com a palavra que mais temia desde criança: cancro na mama. A minha madrinha e a minha mãe faleceram há mais...Sónia Pereira, 35 anos, Mama, 2011Ler mais
  • (...) Estava envolvida num projecto profissional intenso em Lisboa, faltava-me tempo para parar e pensar... Mas estava muito assustada com o nódulo no...Fernanda Simões, 46 anos, Mama, 2005Ler mais
  • O dia da execução do "bicho": 5 de julho de 2006. Meio-dia, marcava o relógio na parede do bloco operatório. Sentia-me muito bem-disposta, mesmo depois...lucinda almeida, 50 anos, Mama, 2006Ler mais
  • Olá a todos! Resolvi também colaborar com o meu diagonóstico, visto que aprendemos uns com os outros. Foi-me diagonosticado um tumor na mama esquerda em...Vitória Soares, 52 anos, Mama, 2010Ler mais
  • Eu tive cancro de mama. Quando soube, foi como se se abrisse um poço sem fundo, mas consegui com a força de amigos e família. Por isso, digo a quem tem...Graciete Santos, 38 anos, Mama, 2011Ler mais
  • Olá a todos! No final de 2010, durante um auto-exame da mama detetei um alto bastante volumoso no meu peito direito. A primeira coisa que fiz em janeiro...Raquel Vieira, 31 anos, MamaLer mais
Apoios & Parcerias