Voltar

Maria

45 anos Mama, 2010, Doente
Olá! Sei que não estou só, sou uma de muitas... é espantosa a solidariedade entre as mulheres com cancro de mama! Quero aqui dizer que enfrentei o meu cancro na mama sem nunca pensar no pior. Ainda estou em tratamento mas sempre acreditei que é para ficar bem, embora com algumas limitações. Confio em mim e na força que advém de todos os que me rodeiam: a família, os amigos, os colegas e os profissionais de saúde. O cancro não mudou a minha forma de estar na vida mas mudou, para melhor, o meu relacionamento com os outros e aumentou a minha fé em Deus, que para mim é a força espiritual que nos move, uma espécie de “instinto de sobrevivência” que nos faz agarrar à vida. Tenho cancro mas não me revoltei, estou a fazer o que é necessário para tratá-lo e vou seguir em frente. Porque preciso estar viva para os que precisam de mim. E lutar pela vida é um dever. Um abraço a todas.
Voltar

Outros Testemunhos

  • Lido com o cancro desde a minha adolescência. Nunca tive cancro, mas tive dois familiares próximos que infelizmente morreram com cancro de pulmão, no...Ana, 28 anos, Mama, 2012Ler mais
  • Venho por este meio deixar o meu testemunho e pedir a quem sofre deste tipo de doença, que vem sem avisar e se instala sem nós estarmos preparados, que...Manuela Miller, 47 anos, Mama, 1998Ler mais
  • Sou uma mulher de entre tantas que, de um momento para o outro, sentiram a sua vida virada do avesso ao ser-me diagnosticado um cancro na mama. Tinha 39...Ana Costa, 45 anos, Mama, 2005Ler mais
  • Chamo-me Eduardo Marques. 38 anos. Vendedor. Um homem, como outro qualquer. Com uma diferença para muitos outros, que o torna menos igual entre iguais -...Eduardo Marques, 38 anos, Mama, 2013Ler mais
  • Eu descobri há pouco tempo que tinha cancro da mama. Estou a fazer tratamentos de quimioterapia antes da operação. (...) O meu encarar da doença é bom...sofia fernandes, 28 anos, MamaLer mais
  • Foi em Outubro de 2018, quando numa ecografia de rotina, me foi diagnosticado o carcinoma mamário!Tinha 30 anos e não queria acreditar que...Joana Matias, 31 anos, Mama, 2018Ler mais
Apoios & Parcerias