Voltar

Maria da Conceição Cadete Ferreira

50 anos Mama, 2004, Doente
Nunca escrevi sobre este assunto em lado nenhum, mas parece-me que o meu testemunho pode dar esperança a outros. No ano 2000, o meu filho, na altura com 2 anos de idade, foi diagnosticado com um rabdomiosarcoma, um tipo de cancro se não raro, pelo menos com um nome que não é muito comum ouvirmos. O mundo ruiu, pensei que o diagnóstico estava errado. Enfim, passei por aquilo que todos os pais que ouvem "o seu filho tem um cancro" passam e é inimaginável para todos os outros. Foi um ano em que me encontrei numa espécie de transe, entre quimioterapias, cirurgias e radioterapias. Depois de muitos momentos muito difíceis, nos quais nunca, mas nunca deixei de acreditar, tudo acabou da melhor maneira. Passaram 3 anos e, numa situação em que tudo indiciava não existirem grandes problemas, foi-me diagnosticado um carcinoma da mama. Nem podia acreditar! Depois de tudo o que tinha passado com o meu filho, agora iria passar por tudo novamente. Não tinha nenhum fator de risco nem antecedentes, como é que aquilo estava a acontecer? A minha primeira reação foi má, mas depois pensei "se o meu filho aguentou, eu também vou aguentar e ultrapassar isto". Felizmente tudo correu da melhor maneira. Realizei uma mastectomia mas não precisei de fazer quimioterapia nem radioterapia. Passaram 11 anos e estamos os dois bem, super unidos e com uma cumplicidade muito especial. Por isso, nunca deixem de ter esperança e acreditar. E no fundo, até acho que sou uma pessoa de sorte porque correu tudo bem.
Voltar

Outros Testemunhos

  • Embora seja uma jovem, talvez um pouco inconsciente, vivi uma situação muito perturbadora e desgastante emocionalmente com a minha tia, portadora do...Maria Ferreira, 19 anos, Mama, 2005Ler mais
  • Há 7 anos, ao fazer a depilação nas axilas, detetei que algo não estava bem, embora não conseguisse fazer a palpação do nódulo. Fui no mesmo dia ao...Isabel Coelho, 56 anos, Mama, 2005Ler mais
  • Olá a todos! Resolvi também colaborar com o meu diagonóstico, visto que aprendemos uns com os outros. Foi-me diagonosticado um tumor na mama esquerda em...Vitória Soares, 52 anos, Mama, 2010Ler mais
  • Ao fim da tarde de 24 de dezembro de 2004, fiquei a saber que tinha cancro da mama. Um “belíssimo” presente de Natal! Fiz mastectomia, quimioterapia...Cláudia, 46 anos, Mama, 2004Ler mais
  • Tinha acabado de saber que a minha filha ia ser internada para fazer uma laparoscopia com vista a determinar as causas da infertilidade com que lutava há...helena santos, 56 anos, Mama, 2010Ler mais
  • Olá, sou a Vânia e espero que com o meu testemunho possa ajudar algumas pessoas! Numa manhã, quando me espreguiçava ao sair da cama encontrei um papinho...VANIA FERREIRA, 28 anos, Mama, 2010Ler mais
Apoios & Parcerias