Voltar

Maria da Conceição Lopes Biléu

54 anos Ovário, 1987, Doente
Fiz uma ecografia porque tinha um período menstrual muito grande e muitas dores na barriga. Após a ecografia fui alertada para ir à minha médica imediatamente, e assim fiz. Num prazo muito curto, fui operada na Maternidade, onde me foi diagnosticado um cancro no ovário (cistodenocarcinoma). Fiz uma histerectomia total imediatamente, porque tive uma equipa médica maravilhosa que percebeu logo o que estava a acontecer e fez biopsias imediatamente. Após resultado das mesmas, fizeram o que tinham a fazer. Seguiu-se um período de 6 meses de quimioterapia, onde era internada 8 dias por mês para me ser administrada diariamente. Ao fim de 6 meses fiz o chamando segundo look e (…) estava tudo bem. Ainda hoje, passados 26 anos, continuo a ser vigiada, faço marcadores tumorais uma vez por ano e cá estou (…). Neste momento sofro dos males da idade, tenho 54 anos, as consequências da quimioterapia, mas estou viva e feliz. A todas as mulheres que estejam a atravessar este momento tão difícil, só desejo que tenham muita força e coragem para enfrentar esta doença e que possam contar com amigos, família e médicos (como eu pude contar). Claro que não é fácil, mas nós mulheres somos mais fortes do que parecemos.
Voltar

Outros Testemunhos

  • Começou na minha primeira consulta de ginecologia, na altura ainda tinha 20 aninhos. O médico de família detetou uma “massinha” no ovário que era...Mónica Baraçal, 21 anos, Ovário, 1Ler mais
  • Olá, boa tarde. O meu nome é Paula e à 20 anos lutei contra um cancro no ovário direito, após a remoção do...Paula Freire, 38 anos, Ovário, 1999Ler mais
  • É duro ouvir que temos um diagnóstico desta natureza, é duro ter 26 anos e saber que posso morrer e que ainda não concretizei os meus objetivos, que...Patricia Oliveira, 30 anos, Ovário, 2007Ler mais
  • Foi detetado há um ano carcinomatose peritoneal à minha mãe, o cancro primário era no ovário e depois passou para o peritoneu, ficando com uma barriga...sérgio souto, 29 anos, Ovário, 2011Ler mais
  • Em 1999 foi-me diagnosticado um tumor de origem embrionária, bastante raro e pouco visto em Portugal, pelo menos, até àquele momento. Atualmente e após...Ana Silva, 33 anos, Ovário, 1999Ler mais
  • A vergonha e o medo mataram a minha avó. Durante vários meses, ela padeceu de um mal-estar diferente do que seria de esperar, considerando-se os problemas...Cátia Silva, 34 anos, Ovário, 2011Ler mais
Apoios & Parcerias