Voltar

Maria Inês Amorim Martins Ferreira

57 anos Mama, 2008, Doente
O meu testemunho tenta ser uma mais-valia e uma ajuda a todos que, como eu, passam por esta doença. Em 2008, foi-me diagnosticado um cancro da mama ao qual fui operada fazendo uma mastectomia total da mama esquerda, seguida de quimioterapia. Tudo correu bem e, entretanto, já fiz reconstrução. No entanto, após cinco anos achando que não teria mais complicações, foi-me diagnosticado um cancro nos ovários contra o qual ainda hoje luto. Temos que ir buscar forças onde pensamos que não temos, viver a vida em plenitude, pensar que ainda teremos muitos anos de vida. Nada de desistir! Um abraço para todos, não se esqueçam: somos uns vencedores.
Voltar

Outros Testemunhos

  • Com apenas 28 anos de idade, em agosto de 2005, num autoexame descobri um pequeno caroço que se veio a confirmar ser um carcinoma. Como podem calcular foi...Gisela Marmelo, 34 anos, Mama, 2005Ler mais
  • Em fevereiro de 2007 foi-me diagnosticado um cancro de mama. Depois da biópsia veio o resultado, o que eu mais receava, o chão a fugir dos pés, o medo...Elsa Pinto, 40 anos, Mama, 2007Ler mais
  • Aprendi, durante o tempo em que estive doente, que cancro não é sinónimo de morte, mas sim sinónimo de luta!Apesar de ficarmos curadas, nunca mais...Custódia Esturra, 43 anos, Mama, 1995Ler mais
  • Conheço de perto a realidade do cancro, concretamente do cancro da mama, uma vez em que em casa tenho uma pessoa muito próxima, a minha avó paterna, que...Diogo Campos, 18 anos, Mama, 1992Ler mais
  • Só no ano de 2013, com a ajuda da minha psicóloga, consegui dizer “tive cancro”.Só hoje consigo escrever sobre o assunto, esperando que o meu...Maria DIAS, 55 anos, Mama, 2010Ler mais
  • Foi-me diagnosticado cancro da mama triplo negativo (…). A fase do diagnóstico foi terrível mas percebi que a solução era...Claudia Gonçalves, 46 anos, Mama, 2018Ler mais
Apoios & Parcerias