Voltar

Maria José Teixeira Martins Mendonça

43 anos Mama, 2006, Doente
Boa noite. Tenho cancro de mama desde 2006, tinha apenas 38 anos, tendo feito cirurgia, quimioterapia e radioterapia durante os anos de 2006 e 2007. Devido a esvaziamento axilar também tenho um edema linfático no braço direito. Em 2009, tive uma reincidência na mesma mama e no fígado, tendo-me sido diagnosticado nesta altura em estágio IV. Voltei a fazer quimioterapia durante dois anos, a qual me fez sofrer muito. Atualmente estou apenas a tomar hormonoterapia. A doença é para ficar, há muito tempo que percebi isso. Todavia consigo viver com isso. Estou sempre bem com a vida e com as outras pessoas. Nunca me revoltei, nunca fui negativa. Pelo contrário, sou extremamente bem disposta e transmito segurança e paz para mim e para a minha família (tenho 2 filhos e um marido maravilhosos). Desde que tenho cancro, fiz imensas coisas que não tinha tido tempo ou oportunidade de fazer: fui ao Louvre, fui para a Universidade (estou no último ano de Turismo), abri um Turismo Rural na Serra da Estrela. Quero dizer a todos os que possa inspirar: “é possível viver com cancro!" O mais importante é o querer... Arrumarmos a cabeça e pensarmos na doença apenas o suficiente, para cuidarmos dela.
Voltar

Outros Testemunhos

  • Faz esta semana um ano que recebi uma das piores notícias da vida: tinha cancro de mama. Foi um turbilhão de emoções, de perguntas, enfim, muita coisa....Teresa Porto, 29 anos, Mama, 2011Ler mais
  • Em fevereiro de 2007 foi-me diagnosticado um cancro de mama. Depois da biópsia veio o resultado, o que eu mais receava, o chão a fugir dos pés, o medo...Elsa Pinto, 40 anos, Mama, 2007Ler mais
  • “Há coisas que se podem escrever quando já não dói ...”Não há datas mágicas, mas já lá vão cinco anos.No dia 18 de janeiro de 2006, ouvi a...Graça Luzia, 49 anos, Mama, 2005Ler mais
  • Quero deixar o meu testemunho porque o acho importante. Sou uma pessoa muito cuidadosa, com a saúde dos meus e com a minha. Quando em abril de 1984...Belém Bispo, 67 anos, Mama, 1985Ler mais
  • Em 2003 fui surpreendida com um cancro da mama, mas posso dizer que além do choque existia uma leve calma. Fui operada três vezes em apenas 4 meses. Tive...Manuela Moreira, 49 anos, Mama, 2003Ler mais
  • E um dia tudo muda... Estudava para um teste de psicologia quando a minha mãe entrou em casa de olhos baixos, era qualquer coisa, não sabia bem, vieram as...Sandra Jorge, 34 anos, Mama, 1995Ler mais
Apoios & Parcerias