Voltar

Maria José Teixeira Martins Mendonça

43 anos Mama, 2006, Doente
Boa noite. Tenho cancro de mama desde 2006, tinha apenas 38 anos, tendo feito cirurgia, quimioterapia e radioterapia durante os anos de 2006 e 2007. Devido a esvaziamento axilar também tenho um edema linfático no braço direito. Em 2009, tive uma reincidência na mesma mama e no fígado, tendo-me sido diagnosticado nesta altura em estágio IV. Voltei a fazer quimioterapia durante dois anos, a qual me fez sofrer muito. Atualmente estou apenas a tomar hormonoterapia. A doença é para ficar, há muito tempo que percebi isso. Todavia consigo viver com isso. Estou sempre bem com a vida e com as outras pessoas. Nunca me revoltei, nunca fui negativa. Pelo contrário, sou extremamente bem disposta e transmito segurança e paz para mim e para a minha família (tenho 2 filhos e um marido maravilhosos). Desde que tenho cancro, fiz imensas coisas que não tinha tido tempo ou oportunidade de fazer: fui ao Louvre, fui para a Universidade (estou no último ano de Turismo), abri um Turismo Rural na Serra da Estrela. Quero dizer a todos os que possa inspirar: “é possível viver com cancro!" O mais importante é o querer... Arrumarmos a cabeça e pensarmos na doença apenas o suficiente, para cuidarmos dela.
Voltar

Outros Testemunhos

  • Só no ano de 2013, com a ajuda da minha psicóloga, consegui dizer “tive cancro”.Só hoje consigo escrever sobre o assunto, esperando que o meu...Maria DIAS, 55 anos, Mama, 2010Ler mais
  • Visito com bastante frequência o site da Liga Portuguesa Contra o Cancro e costumo ler os testemunhos deixados por outras pessoas, que tal como eu,...Maria Pires, 57 anos, Mama, 2007Ler mais
  • Em 2002 foi-me detetado um cancro da mama, onde me foi feita uma mastectomia total direita. Logo ao extraírem a mama foi-me colocado o expansor e passado...Isabel Boleto, 51 anos, Mama, 2002Ler mais
  • Com 48 anos, robusta e saudável, fui fazer a mamografia e ecografia de rotina. A demora do médico a observar e a comparar as radiografias, o pedido à...Maria Oliveira, 52 anos, Mama, 2008Ler mais
  • A minha avó partiu a 14 de março deste ano com 84 anos. Foi-lhe diagnosticado um cancro da mama. Um cancro feroz, atípico para a idade dela. Fez uma...Andreia, 27 anos, Mama, 2009Ler mais
  • Aos 32 anos, a vida sorri-nos todos os dias, principalmente quando temos um bebé a crescer dentro de nós, de repente perdemos esse bebé, por fatores...Marlene Duarte, 32 anos, Mama, 2010Ler mais
Apoios & Parcerias