Voltar

Maria José Teixeira Martins Mendonça

43 anos Mama, 2006, Doente
Boa noite. Tenho cancro de mama desde 2006, tinha apenas 38 anos, tendo feito cirurgia, quimioterapia e radioterapia durante os anos de 2006 e 2007. Devido a esvaziamento axilar também tenho um edema linfático no braço direito. Em 2009, tive uma reincidência na mesma mama e no fígado, tendo-me sido diagnosticado nesta altura em estágio IV. Voltei a fazer quimioterapia durante dois anos, a qual me fez sofrer muito. Atualmente estou apenas a tomar hormonoterapia. A doença é para ficar, há muito tempo que percebi isso. Todavia consigo viver com isso. Estou sempre bem com a vida e com as outras pessoas. Nunca me revoltei, nunca fui negativa. Pelo contrário, sou extremamente bem disposta e transmito segurança e paz para mim e para a minha família (tenho 2 filhos e um marido maravilhosos). Desde que tenho cancro, fiz imensas coisas que não tinha tido tempo ou oportunidade de fazer: fui ao Louvre, fui para a Universidade (estou no último ano de Turismo), abri um Turismo Rural na Serra da Estrela. Quero dizer a todos os que possa inspirar: “é possível viver com cancro!" O mais importante é o querer... Arrumarmos a cabeça e pensarmos na doença apenas o suficiente, para cuidarmos dela.
Voltar

Outros Testemunhos

  • Em junho de 1991, depois de uma mamografia, por causa de um pequeno “altinho” na parte inferior da mama esquerda, que teimava em não desaparecer, li no...Gabriela, 57 anos, Mama, 1991Ler mais
  • Olá!Nos últimos seis anos tive a experiência mais marcante e devastadora da minha vida, mas também o renascer da esperança a cada tratamento e a cada...Ana Cristina, 47 anos, Mama, 2007Ler mais
  • Bom dia. Venho dar coragem a todos os doentes que estão a passar por esta doença sem aviso porque, felizmente, tenho uma tia que teve cancro da mama em...Anonimo, 42 anos, Mama, 2007Ler mais
  • Era uma vez... E como todas as histórias, a minha poderia começar assim, como as tradicionais! Sim, dado que amava de paixão iniciar o dia com “Era uma...Maria Macedo, 53 anos, Mama, 2005Ler mais
  • Em Novembro 2016 e sem sequer imaginar o que estaria por vir deparei-me com um diagnóstico devastador... Estava sozinha só eu e a...Elisabete Duarte, 41 anos, Mama, 2016Ler mais
  • Com apenas 28 anos de idade, em agosto de 2005, num autoexame descobri um pequeno caroço que se veio a confirmar ser um carcinoma. Como podem calcular foi...Gisela Marmelo, 34 anos, Mama, 2005Ler mais
Apoios & Parcerias