Voltar

Maria Martins

51 anos Mama, 2015, Doente
Em agosto de 2015 recebi a noticia mais amarga da minha vida: cancro de mama. E depois de fazer biópsia descobri que era um pouco mais complicado. Nesse momento tudo fica escuro, mas a luta começa. Primeiro fiquei muito triste, mas não havia tempo para lamentar, todos os minutos eram precisos para começar a grande batalha. Comecei por ter que fazer mastectomia parcial e teria que fazer radiotrapia. Estava muito confiante. Dias depois recebi a noticia que afinal tinha que fazer mastectomia total e mais quimooterapia. O mundo caiu a meus pés. Sou uma mulher de fé e pensei "o meu desespero vai ser o desespero do meu marido e das minhas filhas", e então unimos as nossas forças e começamos a luta. Foi operada e passado mês e meio estava a fazer quimioterapia. Fiz oito ciclos, tudo correu bem. Passados 21 dias estava a fazer radio e comecei a hormonaterapia. Foi uma fase menos boa da minha vida. Já lá vão 21 meses e com algumas dificuldades mas com muita vontade de viver e vencer todas tempestades da vida. Tive muito apoio das minhas filhas e marido e isso foi muito importante. Como costumo dizer "fiquei sem uma mama mas fiquei com a vida". Tive um médico fantástico que foi sempre muito humano. A mensagem que quero deixar é que vale apena lutar e principalmente ACREDITAR, com força e determinação o caminho será a vitória. São as dificuldades que fazem de nós pessoas muito melhores. Quando um dia está de chuva, no outro estará sol . Eu sou uma mulher de sorte e feliz, estou viva e isso é fundamental .
 
Voltar

Outros Testemunhos

  • Há 7 anos, ao fazer a depilação nas axilas, detetei que algo não estava bem, embora não conseguisse fazer a palpação do nódulo. Fui no mesmo dia ao...Isabel Coelho, 56 anos, Mama, 2005Ler mais
  • Olá! Venho deixar o meu testemunho. Tudo começou a 5 de junho 2015. Estava deitada a brincar com o meu filho de 4 anos e senti dores na mama e...Susana Coelho, 39 anos, Mama, 2015Ler mais
  • Olá, o meu nome é Eduarda. No passado dia 9 de março 2012, foi-me diagnosticado cancro de mama. Após um “longo” tratamento de quimioterapia, longo...Maria Cunha, 37 anos, Mama, 2012Ler mais
  • A minha irmã (…) foi diagnosticada com cancro. Foi um choque para toda a família... Chorei muitas noites mas nunca à frente dela...Marina, 43 anos, Mama, 2010Ler mais
  • Pois é minhas amigas. Não desanimar é a principal terapia. Depois de um dia complicado de trabalhos em casa, enquanto tomava um banhinho, reparei que na...ana barroco, 49 anos, Mama, 2009Ler mais
  • Tenho 37 anos e foi-me diagnosticado cancro da mama. Inicialmente o pânico apoderou-se de mim. Mas hoje estou pronta para lutar e sei que vou vencer....Carla, 37 anos, Mama, 2013Ler mais
Apoios & Parcerias