Voltar

Maria Teresa Macedo

53 anos Mama, 2005, Doente
Era uma vez... E como todas as histórias, a minha poderia começar assim, como as tradicionais! Sim, dado que amava de paixão iniciar o dia com “Era uma vez...”, aquando do exercício das minhas funções de educadora de infância. Mas, eis que chega a “conhecida” notícia através da Liga Portuguesa Contra o Cancro e depois seguiram-se todas as etapas relacionadas com o processo de luta contra o cancro. No meu caso, da mama e da tiroide. Fui sujeita a ambas cirurgias na mesma intervenção. Seguiram-se os tratamentos de quimioterapia, radioterapia, braquiterapia e ainda um tratamento durante um ano, “anticorpos” e neste momento o “tal” comprimidinho durante cinco anos. Mas estou fina! Claro que estando controlado o problema, só podemos estar felizes. O ter interrompido a minha vida profissional foi uma das menos boas consequências de todo este caminho, mas de resto aceito o que sou neste momento e aprendo a cada dia que passa... Isto não é um drama! Muita coragem, força e não esqueçam: “O tempo é o nosso maior aliado”. Beijos, Teresa.
Voltar

Outros Testemunhos

  • Tinha acabado de saber que a minha filha ia ser internada para fazer uma laparoscopia com vista a determinar as causas da infertilidade com que lutava há...helena santos, 56 anos, Mama, 2010Ler mais
  • Foi em 2006 que foi diagnosticado à minha mãe um cancro maligno da mama. O choque da notícia foi enorme mas com muito apoio da minha parte, ela superou...Vera Pereira, 29 anos, Mama, 2006Ler mais
  • Olá a todos! Resolvi também colaborar com o meu diagonóstico, visto que aprendemos uns com os outros. Foi-me diagonosticado um tumor na mama esquerda em...Vitória Soares, 52 anos, Mama, 2010Ler mais
  • Foi graças a esta Instituição que hoje estou viva. Em 2006 fui chamada para o rastreio e foi-me detetado um nódulo, mas esse foi só tirar e felizmente...Beatiz xavier, 50 anos, Mama, 2007Ler mais
  • Em julho de 2006, tinha eu 20 anos, o meu mundo tremeu. No dia em que a minha mãe fez uma mamografia, soube-se que tinha cancro da mama. Entretanto, em...Diana Damião, 27 anos, Mama, 2006Ler mais
  • Maternidade depois do cancro. O meu testemunho é de esperança porque, após me ter sido diagnosticado cancro aos 28 anos, quatro anos depois, engravidei...Guiomar Pereira, 28 anos, Mama, 2010Ler mais
Apoios & Parcerias