Voltar

Patricia

25 anos Tiróide, 2011, Doente
Cancro... Uma pequena palavra mas com uma conotação demasiado negativa na sociedade em que vivemos, embora hoje em dia exista cada vez mais uma maior abertura para falar sobre o assunto e ajudar quem não consegue lidar com a primeira vez que se ouve "o seu tumor é maligno".Esta é apenas mais uma etapa para ultrapassares, procura soluções, não adianta entrar numa espiral negra sentimentalista, não! Sê realista, mantém a tua vontade de viver, não te influencies pelo tratamento das outras pessoas como se fossemos uns coitadinhos, uma palavra muito utilizada e bastante irritante de ouvir, não tenham pena de mim, não tenhas pena de ti, porque durante todo este processo até podes descobrir que és mais forte do que tudo e todos. Sê pró-activa. Em relação à cicatriz, é algo que pode incomodar muita gente, mas sintam-se bem. Aceita-te como és, sente orgulho da tua cicatriz porque esta representa que EU sobrevivi! TU sobrevives-te!Não vou contar a minha história, afinal de contas eu sou só apenas uma das muitas pessoas que tiveram cancro e sobreviveram. Apenas queria transmitir-vos, sem parecer uma pessoa insensível ou fria, que o cancro deve ser encarado com normalidade, porque o factor de sucesso para vencer esta doença é uma atitude positiva mesmo quando o mundo parece que está a desabar em cima de nós, e são problemas, atrás de problemas, nunca te esqueças que tudo tem uma solução... Basta quereres... Porque... Tu consegues, tu já és uma sobrevivente!
Voltar

Outros Testemunhos

  • Nunca perder a esperança colaborar com os médicos. Não ter medo de falar sobre a doença porque ao falar ajuda-nos a nós e a outros doentes a terem mais...Anónimo, 53 anos, Tiróide, 2010Ler mais
  • Foi no ano de 2011. Arrasou a minha vida, fui com ela ao médico depois de uma biópsia, então pensei: "não há-de ser nada, vai correr tudo bem". Mas...PAULA PAIS, 44 anos, Tiróide, 2011Ler mais
  • Depois de ler todos estes testemunhos, noto que (quase) todos pensamos o mesmo: “A mim não me vai acontecer nada!” Mas acontece, aconteceu e continua a...Clara Vasconcelos, 26 anos, Tiróide, 2009Ler mais
  • Tenho 24 anos e no passado mês de outubro de 2010 foi-me diagnosticado um cancro na tiroide... Precisamente a 1 mês do meu casamento! Nesse momento fiquei...Joana, 24 anos, Tiróide, 2010Ler mais
  • Por pura coincidência, descobri que tinha um carcinoma papilar na tiróide, em junho de 2010. Nunca me vou esquecer do dia, pois era o 60º aniversário do...Ana, 32 anos, Tiróide, 2011Ler mais
  • Boa noite! Quero deixar aqui uma mensagem de força para todos que estão a passar por um mau bocado devido a esta doença. Quero deixar uma mensagem de...vanessa cardoso, 23 anos, Tiróide, 2002Ler mais
Apoios & Parcerias