Voltar

Paula

38 anos Mama, 2012, Doente
Foi-me diagnosticado cancro em setembro de 2012. Os meus filhos tinham 1 e 2 anos. Tinha acabado de amamentar o meu filho mais novo. Sentia que tinha algo de estranho na mama mas sempre pensei que fosse da amamentação. Quando me foi detetado o tumor foi como se me tivessem tirado o tapete debaixo dos pés. Chorava ao olhar para os meus filhos e pensar que corria o risco de não acompanhar o seu crescimento. Contudo, cheguei a um momento em que tive de ganhar forças e lutar! E foi nos meus filhos, no meu marido e na minha família que encontrei a força necessária, o meu suporte. O meu marido foi um verdadeiro companheiro. Fui operada e fiz radioterapia e ainda estou a fazer hormonoterapia. Aprendi a relativizar algumas coisas e a dar valor a outras. A todos vocês muita força! E nunca desistam!
Voltar

Outros Testemunhos

  • Chamo-me César e porque acho ter chegado a altura, gostaria de deixar o meu testemunho / homenagem relativamente à luta de uma "mulher...César Azevedo, 60 anos, Mama, 2015Ler mais
  • Em Novembro 2016 e sem sequer imaginar o que estaria por vir deparei-me com um diagnóstico devastador... Estava sozinha só eu e a...Elisabete Duarte, 41 anos, Mama, 2016Ler mais
  • Aprendi, durante o tempo em que estive doente, que cancro não é sinónimo de morte, mas sim sinónimo de luta!Apesar de ficarmos curadas, nunca mais...Custódia Esturra, 43 anos, Mama, 1995Ler mais
  • Olá! Sou a Fernanda, tenho 42 anos e tenho cancro da mama.No dia 19 de Outubro de 2015 fiz uma mamografia de rotina, que acusou uma...Fernanda Silva, 42 anos, Mama, 2015Ler mais
  • É verdadeiramente assustador receber a noticia de que temos cancro.O mundo pára. Por momentos perdi a noção real das coisas....Maria Neves, 58 anos, Mama, 2019Ler mais
  • Foi-me diagnosticado um tumor maligno em 2007 fui operada e foi-me tirado o peito. É uma luta grande que se tem que enfrentar, não há volta a dar vamos...Debora Krippahl, 51 anos, Mama, 2007Ler mais
Apoios & Parcerias