Voltar

Rosa pereira

49 anos Mama, 2010, Doente
Chamo-me Rosa, tenho 49 anos. Em agosto de 2010 foi-me diagnosticado um carcinoma invasivo da mama de grau III. Passei por 6 sessões de quimioterapia com todos os efeitos secundários que esse tratamento provoca, vou também fazer mastectomia total da mama direita, mas o mais importante é que fique curada porque a parte estética tem solução como todos sabemos. Com o grande apoio da minha família e amigos tenho conseguido ultrapassar de forma muito positiva esta situação que não é, de forma alguma, fácil para ninguém. Aconselho a todas as pessoas que sejam positivas. Não liguem aos pormenores sem importância, tipo queda de cabelo, etc. Foquem-se apenas nas coisas importantes como seja o amor da família e dos amigos, o apoio da equipa médica e de enfermagem que nos acompanha e pensem que é uma situação passageira que tem solução quando detetada a tempo, e, principalmente, apreciem o que a vida tem de bom em especial a família e os amigos.
Voltar

Outros Testemunhos

  • Ao fim da tarde de 24 de dezembro de 2004, fiquei a saber que tinha cancro da mama. Um “belíssimo” presente de Natal! Fiz mastectomia, quimioterapia...Cláudia, 46 anos, Mama, 2004Ler mais
  • Antes de mais, olá a todas(os)! Quero deixar o meu testemunho para que saibam que pensamento positivo e atitude positiva podem e fazem a diferença! Nunca...Verónica Domingos, 25 anos, Mama, 2013Ler mais
  • Corria o ano de 2010. Era um ano de novas esperanças, com o nascimento de uma nova neta. As forças já tinham sido retemperadas com o usufruto de...Marco Santos, 59 anos, Mama, 2010Ler mais
  • Foi precisamente há 4 anos que foi diagnosticado cancro da mama na minha mãe. Quando soube nem queria acreditar, o meu coração caiu, senti um enorme...Carmen Iglesias, 22 anos, MamaLer mais
  • Em fevereiro de 2011, foi-me diagnosticado cancro da mama. Nunca pela cabeça me passou que iria morrer, não podia, tenho duas filhas e um marido...Ana Rosa, 44 anos, Mama, 2011Ler mais
  • Foi no dia 23 de fevereiro que, após uma mamografia e ecografia mamária, fui confrontada com esta doença. No início fiquei sem reação. Depois veio o...Carla Silva, 38 anos, Mama, 2011Ler mais
Apoios & Parcerias