Voltar

Sandra Agrela Fernandes dos Santos

42 anos Mama, 2005, Doente
Em 2005 foi-me diagnosticado um cancro de mama, o que mais me custou foi o fato de ter duas filhas: uma de seis e a mais nova ainda não tinha dois anos. Hoje acredito que foi a força delas que me deu vontade de lutar contra esta doença. Não é fácil e o que eu aconselho é nunca nos darmos por vencidos. (…) O facto de ajudar muitas mulheres a ultrapassar esta fase menos boa da vida, ao lerem o meu testemunho, de certa forma encontrarei paz no meu coração para justificar tanto sofrimento pelo que passei! Muita força a todas as pessoas! E as coisas não acontecem por acaso, tudo tem justificação de ser!
Voltar

Outros Testemunhos

  • Em julho de 2007 foi-me diagnosticado um cancro de mama. No dia do meu aniversário, 11-08-2007, o meu marido pediu-me em casamento à minha filha....Helena Pereira, 48 anos, Mama, 2007Ler mais
  • Após uma consulta de rotina de ginecologia, e consequente mamografia, foi-me diagnosticado carcinoma da mama no dia 27 de julho de 2012. Esse dia foi, sem...Cristina Caeiro, 41 anos, Mama, 2012Ler mais
  • Todas as noites visito esta página para, de alguma forma, não me sentir só neste sofrimento que é perder a mãe (a melhor do mundo) com esta doença...Sara, 43 anos, Mama, 2014Ler mais
  • Em novembro de 2009 foi-me diagnosticado cancro da mama. O meu primeiro pensamento? Pensei que ia morrer... O mundo desabou a meus pés, depois a esperança...Vera Vilar, 30 anos, Mama, 2009Ler mais
  • Tinha 30 anos, uma vida inteira pela frente e a certeza de que iria ver a minha filha, que na altura tinha 2 anos, a crescer. Um dia, no duche, senti um...Ana Marques, 32 anos, Mama, 2011Ler mais
  • Caiu uma bomba! Não sei exatamente o dia, sei que era um sábado antes do dia do Pai! Primeiro neguei até conseguir uma confirmação do que vinha no...Joana, 38 anos, Mama, 2015Ler mais
Apoios & Parcerias