Voltar

Sandra Agrela Fernandes dos Santos

42 anos Mama, 2005, Doente
Em 2005 foi-me diagnosticado um cancro de mama, o que mais me custou foi o fato de ter duas filhas: uma de seis e a mais nova ainda não tinha dois anos. Hoje acredito que foi a força delas que me deu vontade de lutar contra esta doença. Não é fácil e o que eu aconselho é nunca nos darmos por vencidos. (…) O facto de ajudar muitas mulheres a ultrapassar esta fase menos boa da vida, ao lerem o meu testemunho, de certa forma encontrarei paz no meu coração para justificar tanto sofrimento pelo que passei! Muita força a todas as pessoas! E as coisas não acontecem por acaso, tudo tem justificação de ser!
Voltar

Outros Testemunhos

  • Tudo começou com o auto exame, numa manhã de junho quando tinha 45 anos.Detetei um caroço na axila esquerda. De imediato fui ao meu médico, pois...Maria Silva, 59 anos, Mama, 1999Ler mais
  • Sete de janeiro de 2010, dez horas e trinta e nove, faz exatamente um ano hoje, em que eu estava numa sala (batizei a minha sala de spa) a fazer a minha...ISABEL CARDINAL, 38 anos, Mama, 2009Ler mais
  • Olá amigos! Vou começar por dar o meu testemunho, que no fundo terá algo em comum com várias pessoas que, tal como eu, estão a passar ou passaram por...Ana Mateus, 52 anos, Mama, 2011Ler mais
  • Olá! Sei que não estou só, sou uma de muitas... é espantosa a solidariedade entre as mulheres com cancro de mama! Quero aqui dizer que enfrentei o meu...Maria, 45 anos, Mama, 2010Ler mais
  • Chamo-me Dulce Helena, tenho 58 anos e foi-me diagnosticado um carcinoma muito avançado na mama esquerda em Junho de 2014. Fiz Quimioterapia (...) de...Dulce Silva, 58 anos, Mama, 2014Ler mais
  • Caiu uma bomba! Não sei exatamente o dia, sei que era um sábado antes do dia do Pai! Primeiro neguei até conseguir uma confirmação do que vinha no...Joana, 38 anos, Mama, 2015Ler mais
Apoios & Parcerias