Voltar

Sandra Agrela Fernandes dos Santos

42 anos Mama, 2005, Doente
Em 2005 foi-me diagnosticado um cancro de mama, o que mais me custou foi o fato de ter duas filhas: uma de seis e a mais nova ainda não tinha dois anos. Hoje acredito que foi a força delas que me deu vontade de lutar contra esta doença. Não é fácil e o que eu aconselho é nunca nos darmos por vencidos. (…) O facto de ajudar muitas mulheres a ultrapassar esta fase menos boa da vida, ao lerem o meu testemunho, de certa forma encontrarei paz no meu coração para justificar tanto sofrimento pelo que passei! Muita força a todas as pessoas! E as coisas não acontecem por acaso, tudo tem justificação de ser!
Voltar

Outros Testemunhos

  • Tinha 30 anos, uma vida inteira pela frente e a certeza de que iria ver a minha filha, que na altura tinha 2 anos, a crescer. Um dia, no duche, senti um...Ana Marques, 32 anos, Mama, 2011Ler mais
  • Foi há 2 anos que o diagnóstico chegou. Estávamos em outubro de 2009. A minha vida tentava encontrar o equilíbrio perdido devido a um divórcio no ano...Filomena Crespo, 46 anos, Mama, 2009Ler mais
  • Nunca escrevi sobre este assunto em lado nenhum, mas parece-me que o meu testemunho pode dar esperança a outros. No ano 2000, o meu filho, na altura com 2...Maria Ferreira, 50 anos, Mama, 2004Ler mais
  • Eu tive cancro de mama. Quando soube, foi como se se abrisse um poço sem fundo, mas consegui com a força de amigos e família. Por isso, digo a quem tem...Graciete Santos, 38 anos, Mama, 2011Ler mais
  • Tinha acabado de saber que a minha filha ia ser internada para fazer uma laparoscopia com vista a determinar as causas da infertilidade com que lutava há...helena santos, 56 anos, Mama, 2010Ler mais
  • Foi em 2006 que foi diagnosticado à minha mãe um cancro maligno da mama. O choque da notícia foi enorme mas com muito apoio da minha parte, ela superou...Vera Pereira, 29 anos, Mama, 2006Ler mais
Apoios & Parcerias