Voltar

Sandra Agrela Fernandes dos Santos

42 anos Mama, 2005, Doente
Em 2005 foi-me diagnosticado um cancro de mama, o que mais me custou foi o fato de ter duas filhas: uma de seis e a mais nova ainda não tinha dois anos. Hoje acredito que foi a força delas que me deu vontade de lutar contra esta doença. Não é fácil e o que eu aconselho é nunca nos darmos por vencidos. (…) O facto de ajudar muitas mulheres a ultrapassar esta fase menos boa da vida, ao lerem o meu testemunho, de certa forma encontrarei paz no meu coração para justificar tanto sofrimento pelo que passei! Muita força a todas as pessoas! E as coisas não acontecem por acaso, tudo tem justificação de ser!
Voltar

Outros Testemunhos

  • Foi em Outubro de 2018, quando numa ecografia de rotina, me foi diagnosticado o carcinoma mamário!Tinha 30 anos e não queria acreditar que...Joana Matias, 31 anos, Mama, 2018Ler mais
  • Deixo aqui muita força a todos aqueles que estão a passar por esta experiência.anabela franco, 54 anos, Mama, 2009Ler mais
  • Olá a todos! Não é fácil para mim ainda hoje falar nesta maldita doença. Mas tenho a dizer que a medicina e os Hospitais...Anónimo, 46 anos, Mama, 2010Ler mais
  • Desde que me conheço como mulher que tenho nódulos/quistos nos peitos. Daí fazer todos os anos, desde há muito tempo atrás, os respetivos exames de...Maria, 48 anos, Mama, 2009Ler mais
  • Em novembro de 2009 foi-me diagnosticado cancro da mama. O meu primeiro pensamento? Pensei que ia morrer... O mundo desabou a meus pés, depois a esperança...Vera Vilar, 30 anos, Mama, 2009Ler mais
  • Olá a todos! Tenho 31 anos e desde os meus 17 que sou seguida no Hospital com fibroadenomas múltiplos nas duas mamas, fui operada 2 vezes, uma com 17 anos...Susana Lima, 31 anos, Mama, 2010Ler mais
Apoios & Parcerias