Voltar

Sandra Agrela Fernandes dos Santos

45 anos Mama, 2005, Doente
Com apenas 36 anos de idade e com 2 filhas pequenas (uma com 6 anos e outra com quase 2) foi-me diagnosticado um cancro da mama. A minha maior dor foi pensar que iria morrer e deixar no mundo duas crianças de tão tenra idade sem mãe... Lutei muito para que isso não acontecesse... Realizei 12 sessões de quimioterapia, 3 cirurgias e 28 sessões de radioterapia. Lutei muito, encontrei forças onde nem hoje sei aonde para lutar contra enjoos, dores e sequelas de tanto sofrimento. Valeu a pena para ver as minhas filhas crescer, para acompanhar todas as etapas das vidas delas. (…) Muita força! Tudo é possível, basta acreditar e arregaçar as mangas!
Voltar

Outros Testemunhos

  • Em 2005 foi-me diagnosticado um cancro de mama, o que mais me custou foi o fato de ter duas filhas: uma de seis e a mais nova ainda não tinha dois anos....Sandra Santos, 42 anos, Mama, 2005Ler mais
  • O meu nome é Célia Sequeira (39 anos) e no dia 29 de Novembro de 2012 foi-me diagnosticado cancro de mama.Sentada, em frente ao médico, ele comunicou...Célia Sequeira, 39 anos, Mama, 2012Ler mais
  • “Há coisas que se podem escrever quando já não dói ...”Não há datas mágicas, mas já lá vão cinco anos.No dia 18 de janeiro de 2006, ouvi a...Graça Luzia, 49 anos, Mama, 2005Ler mais
  • Tudo começou com o auto exame, numa manhã de junho quando tinha 45 anos.Detetei um caroço na axila esquerda. De imediato fui ao meu médico, pois...Maria Silva, 59 anos, Mama, 1999Ler mais
  • Em maio deste ano foi-me diagnosticado cancro da mama. Sem qualquer antecedente familiar e sem outros fatores de risco (sou mãe de 3 rapazes, amamentei,...Ana Ferreira, 43 anos, Mama, 2014Ler mais
  • Deixo aqui muita força a todos aqueles que estão a passar por esta experiência.anabela franco, 54 anos, Mama, 2009Ler mais
Apoios & Parcerias