Voltar

Sandra Agrela Fernandes dos Santos

45 anos Mama, 2005, Doente
Com apenas 36 anos de idade e com 2 filhas pequenas (uma com 6 anos e outra com quase 2) foi-me diagnosticado um cancro da mama. A minha maior dor foi pensar que iria morrer e deixar no mundo duas crianças de tão tenra idade sem mãe... Lutei muito para que isso não acontecesse... Realizei 12 sessões de quimioterapia, 3 cirurgias e 28 sessões de radioterapia. Lutei muito, encontrei forças onde nem hoje sei aonde para lutar contra enjoos, dores e sequelas de tanto sofrimento. Valeu a pena para ver as minhas filhas crescer, para acompanhar todas as etapas das vidas delas. (…) Muita força! Tudo é possível, basta acreditar e arregaçar as mangas!
Voltar

Outros Testemunhos

  • A minha história será mais uma aqui apresentada. Mas tenho fé e quero acreditar que tudo vai correr bem comigo e com o meu bebé. Estou grávida de 13...Maria Enes, 29 anos, Mama, 2014Ler mais
  • Foi-me detetado carcinoma de mama em novembro de 2010, com cirurgia em 01/02/2011 no IPO. Após resultado patológico, verificou-se que teria que ser...Adília Silva, 50 anos, Mama, 2010Ler mais
  • Olá! Sei que não estou só, sou uma de muitas... é espantosa a solidariedade entre as mulheres com cancro de mama! Quero aqui dizer que enfrentei o meu...Maria, 45 anos, Mama, 2010Ler mais
  • Vencer a Luta contra o Cancro.Essa luta tem várias frentes, missões e objetivos e cada um de nós pode dar o seu contributo para que...Ana Borges, 53 anos, Mama, 2001Ler mais
  • Fui mãe recentemente, um bebé muito desejado por mim e pelo meu marido. Eu tinha uma má formação nos órgãos femininos que me colocava alguns entraves...Isabel Patricia, 29 anos, Mama, 2010Ler mais
  • Em julho de 2007 foi-me diagnosticado um cancro de mama. No dia do meu aniversário, 11-08-2007, o meu marido pediu-me em casamento à minha filha....Helena Pereira, 48 anos, Mama, 2007Ler mais
Apoios & Parcerias