Voltar

Susana Oliveira

43 anos Colo-Rectal (Intestino), 2013, Familiar
Em 2013 foi diagnosticado cancro nos intestinos ao meu pai... Foi tudo tão repentino e apareceu como que do nada. Durante algum tempo nem a palavra cancro conseguia pronunciar... Mas lá encaramos a doença de frente e acompanhamos o nosso pai até ao fim...
Nem um ano durou, mas tentou vencer a doença, foi um valente... O meu desejo é que todas as pessoas com cancro tenham um suporte familiar que as ajude a enfrentar a doença e lhes dê segurança e força para vencer.
Para os doentes oncológicos e para os seus familiares muita força, fé e esperança.
Bem hajam.
Voltar

Outros Testemunhos

  • Tudo começou em maio de 2011. Fui fazer uma colonoscopia, que estava em atraso há três anos e o resultado foi tumor maligno no intestino. No mesmo dia...Maria Silva, 55 anos, Colo-Rectal (Intestino), 2011Ler mais
  • Perdi o meu pai no dia 27 de abril de 2010. Ainda hoje sofro muito com a sua partida, não estava a espera de perder o meu pilar tão cedo e tão depressa,...Sofia, 28 anos, Colo-Rectal (Intestino), 2010Ler mais
  • Olá, chamo-me Solange e venho falar do meu pai que foi doente oncológico. Foram dois anos de muita luta, tenho poucas palavras para exprimir, ou saber...solange vaz, 32 anos, Colo-Rectal (Intestino), 2009Ler mais
  • A minha situação, até me ser diagnosticado o cancro, era igual a muitos outros: não me vai acontecer ou não tenho sintomas que me levem a julgar que o...Romão Capinha, 63 anos, Colo-Rectal (Intestino), 2008Ler mais
  • Sou o Vítor e, com 32 anos, foi-me diagnosticado cancro colo-rectal, a incidência estava localizada a 4 cm do anel rectal ou esfíncter, e a previsão...Vitor Silva, 34 anos, Colo-Rectal (Intestino), 2010Ler mais
  • Olá, tive cancro do cólon em 2007. Como era muito próximo do reto, tiveram que me fechar o intestino. Neste momento tenho um estoma definitivo. Quando o...maria nogueira, 37 anos, Colo-Rectal (Intestino), 2007Ler mais
Apoios & Parcerias