Voltar

Teresa

31 anos Colo-Rectal (Intestino), 2011, Familiar
O meu Pai foi diagnosticado aos 56 anos, num dia de festa que deveria ter sido muito feliz. Chorei (choramos) tudo o que havia para chorar naquele dia e não mais: a partir daí, cabeça erguida, cara alegre e toda a coragem e fé do mundo. Hoje, mantemos os olhos abertos e o espírito atento, mas já voltamos a chorar ao ouvir a palavra "cura". Continuamos juntos porque isso é ser Família e a olhar para a frente porque esse é o caminho.
 
Voltar

Outros Testemunhos

  • Em fevereiro de 2010 foi-me diagnosticado um adenocarcinoma da sigmoideia, ou seja, um tumor maligno no intestino, a 12 cm do reto, através de uma...Maria Vivaldo, 45 anos, Colo-Rectal (Intestino), 2010Ler mais
  • Em 18 de janeiro de 2008, depois da ida ao WC, vi a sanita com muito sangue. Nesse dia, fui ao médico. Uma semana depois fiz uma colonoscopia. Foi-me...António Ferraz, 58 anos, Colo-Rectal (Intestino), 2008Ler mais
  • A minha situação, até me ser diagnosticado o cancro, era igual a muitos outros: não me vai acontecer ou não tenho sintomas que me levem a julgar que o...Romão Capinha, 63 anos, Colo-Rectal (Intestino), 2008Ler mais
  • A 3 de janeiro de 2006, depois de ter acordado de uma endoscopia alta e toque rectal, a que fui submetida, na sequência de várias dores e comportamentos...Manuela Amaral, 58 anos, Colo-Rectal (Intestino), 2006Ler mais
  • Em maio de 2011, o mundo caiu em cima da minha cabeça, os meus pés ficaram sem chão, foi diagnosticado um cancro colo-rectal à minha mãe, com...Lara, 40 anos, Colo-Rectal (Intestino), 2011Ler mais
  • Em 2002, com 37 anos, foi-me diagnosticado adenocarcinoma do endocolo, na sequência do qual fui submetida a histerectomia total e 4 sessões de...Maria ferreira, 47 anos, Colo-Rectal (Intestino), 2011Ler mais
Apoios & Parcerias