Voltar

Teresa

31 anos Colo-Rectal (Intestino), 2011, Familiar
O meu Pai foi diagnosticado aos 56 anos, num dia de festa que deveria ter sido muito feliz. Chorei (choramos) tudo o que havia para chorar naquele dia e não mais: a partir daí, cabeça erguida, cara alegre e toda a coragem e fé do mundo. Hoje, mantemos os olhos abertos e o espírito atento, mas já voltamos a chorar ao ouvir a palavra "cura". Continuamos juntos porque isso é ser Família e a olhar para a frente porque esse é o caminho.
 
Voltar

Outros Testemunhos

  • Sou o Vítor e, com 32 anos, foi-me diagnosticado cancro colo-rectal, a incidência estava localizada a 4 cm do anel rectal ou esfíncter, e a previsão...Vitor Silva, 34 anos, Colo-Rectal (Intestino), 2010Ler mais
  • Fui ao médico por causa de uma constipação no dia 27 de Outubro de 2008 e duas horas depois foi-me confirmado cancro colorretal. Não tinha sintomas e...Anónimo, 55 anos, Colo-Rectal (Intestino), 2008Ler mais
  • O meu Pai (Comandante reformado da Marinha) era um jovem de 63 anos muito bem disposto, divertido, gostava de aproveitar a vida, fazia desporto, passeava os...Frederica Lima, 26 anos, Colo-Rectal (Intestino), 2012Ler mais
  • Sou doente oncológica. Em maio de 2011 numa colonoscopia de rotina foi-me diagnosticado um tumor maligno no ângulo hepático do intestino grosso....Anónimo, 54 anos, Colo-Rectal (Intestino), 2011Ler mais
  • Em Novembro e 2016 foi diagnosticado cancro à minha mãe. Posso dizer que foi sem dúvida o pior dia da minha vida, o mundo desabou,...Vânia, 23 anos, Colo-Rectal (Intestino), 2016Ler mais
  • Em 2013 foi diagnosticado cancro nos intestinos ao meu pai... Foi tudo tão repentino e apareceu como que do nada. Durante algum tempo nem a palavra...Susana Oliveira, 43 anos, Colo-Rectal (Intestino), 2013Ler mais
Apoios & Parcerias