Voltar

vanessa cardoso

23 anos Tiróide, 2002, Doente
Boa noite! Quero deixar aqui uma mensagem de força para todos que estão a passar por um mau bocado devido a esta doença. Quero deixar uma mensagem de força mas também de coragem que foi o que eu tive... A minha mãe morreu com um cancro nos intestinos quando eu tinha 14 anos. Os médicos aconselharam a minha irmã e eu a fazermos um exame para ver se tinhamos algo também. Felizmente a minha irmã não tinha nada mas eu tinha... Tinha bastantes pólipos e depois de alguns anos de vigilância médica, os meus médicos chegaram à conclusão que eu deveria ser operada, e fui. Correu tudo maravilhosamente bem, tinha eu 17 anos. Passado um ano foi-me detetado um carcinoma papilar da tiroide e mais uma vez fui operada e correu tudo bem. Nunca fiz nenhum tratamento apenas estive no IPO 3 dias isolada a fazer um tratamento com iodo radioativo e também correu bem. Hoje sou vigiada porque tenho também pólipos no duodeno e ainda não sei o que vai acontecer mas se tiver que ser operada serei porque confio na medicina. Força para todos e beijinho do tamanho do mundo.
Voltar

Outros Testemunhos

  • Em 2011 fiz exames de rotina, na altura foi-me detetado na tiroide um nódulo com 4 mm, que me disseram para ficar descansado. Deixei passar 7 anos...Ivo, 24 anos, Tiróide, 2018Ler mais
  • O hoje é dádiva!Viver o hoje com toda a intensidade ganhou outro significado na minha vida após o dia 5 de Janeiro de...Filipa Martinho, 36 anos, Tiróide, 2015Ler mais
  • Tenho 24 anos e no passado mês de outubro de 2010 foi-me diagnosticado um cancro na tiroide... Precisamente a 1 mês do meu casamento! Nesse momento fiquei...Joana, 24 anos, Tiróide, 2010Ler mais
  • O meu problema da tiróide, como a maioria dos casos, apareceu sem avisar. Sem sintomas, um dia acordei e reparei numa bola no pescoço....Sara Sequeira, 27 anos, Tiróide, 2013Ler mais
  • Olá! Eu sou a Ulrika e tive um cancro na tiróide - clinicamente falando um carcinoma papilar da tiroideia. Já passaram 12 anos, mas não me esqueço do...Ulrika, 37 anos, Tiróide, 2000Ler mais
  • Nunca perder a esperança colaborar com os médicos. Não ter medo de falar sobre a doença porque ao falar ajuda-nos a nós e a outros doentes a terem mais...Anónimo, 53 anos, Tiróide, 2010Ler mais
Apoios & Parcerias