Voltar

Vera Ideia

45 anos Estômago, 2008, Doente
Quero partilhar com o mundo a minha felicidade, vai fazer 5 anos no dia 4 abril de 2013 que fui submetida a uma gastrectomia total do estomago (diagnosticada com carcinoma no estômago) na altura foi o fim do mundo... O sentimento de saudade... (sentimento estranho e medonho). Apesar de usufruir da companhia dos meus filhos e marido e restante família, esta saudade era estranha e diferente... O medo de morrer era assombroso! Escrevi cartas de despedida! Escondi-as mas deixei-as em sítios que pudessem ser encontradas! Nunca passei por nada mais medonho e traumatizante! Ainda hoje sofro mazelas desse trauma! Os meus filhos e marido não se podem queixar que andam cansados ou que suam de noite, entro em pânico… Na frente deles disfarço mas é mais forte que eu! Depois foi a angústia durante estes 5 anos... Cada controle, a ansiedade tomava conta da minha pessoa, até que soubesse o resultado! Depois vêm as mazelas: perda de peso constante, entupimentos quando não mastigo bem, a falta de sede e fome... E o aspeto psicológico quando me olho ao espelho, quando estou nas fases de excessiva magreza! Depois penso... “Epá do que é que tu te queixas ou lamentas?”. Neste preciso momento há quem queira ter a tua sorte, e luta diariamente para sobreviver a esta doença! E eu estou aqui, consegui! Outros não! Após os 3 anos o meu médico disse-me, você conseguiu, muito bom! Agora a meta é os 5 anos! E assim foi e é! Consegui! Não quer dizer que não venha a ter outra vez cancro mas as possibilidades são muito poucas! Estou na percentagem das "pessoas ditas normais" e isso alegra-me. Adorava que muitos mais atingissem esta meta! Tenho muita fé que a evolução dos tratamentos, a prevenção evolua de dia para dia e que se curem muitos mais pacientes! A todos os pacientes, familiares e a todos os que sofrem direta e indiretamente! Muita força, coragem, fé, acreditem…
Voltar

Outros Testemunhos

  • Faz precisamente hoje 9 anos que perdi a minha mãe para esta doença que mudou por completo a minha vida e da minha família. Lembro-me bem dela, cheia de...Felícia Macedo, 22 anos, EstômagoLer mais
  • Cancro! Sentença de morte ou uma doença que deve ser enfrentada como qualquer outra?Em julho de 2013, fui realizar uma TAC abdominal a pedido da minha...Fernando Simões, 48 anos, Estômago, 2013Ler mais
  • No mês de dezembro de 2004 o meu pai, que desde as férias de verão estava a emagrecer bastante, ouviu do médico o diagnóstico - Adenocarcinoma...Isabel, 55 anos, Estômago, 2004Ler mais
  • Em junho de 1998 foi diagnosticado ao meu pai cancro no estômago. Quando soubemos do diagnóstico foi como se o mundo estivesse a desabar sobre nós......sonia ramos, 33 anos, Estômago, 1998Ler mais
  • Em 2001 foi-me diagnosticado cancro gástrico e, no mesmo ano, fui submetido a uma gastrectomia total. A minha mãe era portadora de Síndrome de Lynch II,...Joaquim Silva, 52 anos, Estômago, 2001Ler mais
  • Na minha família (fora do núcleo de pais, irmãos, sobrinhos) tivemos alguns casos de cancro, sempre vistos a uma distância...Cláudia, 26 anos, Estômago, 2015Ler mais
Apoios & Parcerias