Voltar

Vera Pedro

34 anos Mama, 2012, Doente
No dia 9 de março de 2012 foi-me diagnosticado um cancro da mama. Nesse dia parecia que tinha chegado o fim de tudo, que tinha chegado a minha hora mas tal não aconteceu, passado um ano estou aqui com muita força para continuar a lutar. Foi o pior ano da minha vida, quimioterapia, mastectomia total com reconstrução imediata e radioterapia. Foi um ano de muita dor física mas a psicológica foi a pior, mas acreditem que se eu consegui, todos vós conseguem. A minha melhor amiga faleceu há uns anos atrás com cancro da mama e eu nunca pensei que tal doença me viesse bater a porta porque achava que era saudável e fazia as minhas consultas de rotina, mas enganei-me porque bateu à minha porta, entrou sem pedir autorização. Mas hoje estou aqui para vos dar um testemunho de esperança porque não posso dizer que é fácil mas posso dizer que é superável, com o apoio familiar e dos amigos é muito mais fácil. É meu hábito dizer que não foi fácil, mas sem a família e amigos teria sido muito mais difícil. E acreditem que a força interior e a fé do doente oncológico é muito importante para a recuperação e eu sou prova disso mesmo. O meu lema de vida hoje é viver um dia de cada vez sem planos para o dia de amanhã.
Voltar

Outros Testemunhos

  • Em Novembro 2016 e sem sequer imaginar o que estaria por vir deparei-me com um diagnóstico devastador... Estava sozinha só eu e a...Elisabete Duarte, 41 anos, Mama, 2016Ler mais
  • A minha história será mais uma aqui apresentada. Mas tenho fé e quero acreditar que tudo vai correr bem comigo e com o meu bebé. Estou grávida de 13...Maria Enes, 29 anos, Mama, 2014Ler mais
  • E um dia tudo muda... Estudava para um teste de psicologia quando a minha mãe entrou em casa de olhos baixos, era qualquer coisa, não sabia bem, vieram as...Sandra Jorge, 34 anos, Mama, 1995Ler mais
  • Aos 58 anos, numa mamografia de rotina, foi-me diagnosticado cancro de mama. Fui operada no dia em que fiz 59 anos. Fui muito acarinhada por todo o pessoal...maria, 61 anos, Mama, 2008Ler mais
  • Em 2005 foi-me diagnosticado um cancro de mama, o que mais me custou foi o fato de ter duas filhas: uma de seis e a mais nova ainda não tinha dois anos....Sandra Santos, 42 anos, Mama, 2005Ler mais
  • O meu testemunho tenta ser uma mais-valia e uma ajuda a todos que, como eu, passam por esta doença. Em 2008, foi-me diagnosticado um cancro da mama ao qual...Maria Ferreira, 57 anos, Mama, 2008Ler mais
Apoios & Parcerias