Voltar

Vitória Soares

52 anos Mama, 2010, Doente
Olá a todos! Resolvi também colaborar com o meu diagonóstico, visto que aprendemos uns com os outros. Foi-me diagonosticado um tumor na mama esquerda em agosto de 2010, nos exames de rotina. Qual o meu espanto quando a técnica da clínica, ao ver os exames anteriores que tinham sido feitos em 2008, me diz que eu tinha alguma coisa no peito esquerdo! Entrei em pânico pois o relatório não tinha nada escrito para o médico de família ver. Então fiz nova mamografia, de seguida uma ecografia, e lá estava o tumor. Foram feitos os procedimentos normais! Fui encaminhada e desde então já fui operada no início deste ano e tudo correu bem! Agora faço radioterapia e está tudo a correr bem. Apesar de todo o susto, o meu tumor estava no início e bem localizado. Com isto tudo quero dizer: não desesperem; há sempre esperança. Beijinhos a todos os que sofram com uma situação destas! E tenham calma.
Voltar

Outros Testemunhos

  • Eu descobri que tinha um nódulo com características suspeitas na mama em novembro de 2006, tinha 25 anos. Na altura guardei segredo, porque...Mara Borges, 38 anos, Mama, 2007Ler mais
  • “Há coisas que se podem escrever quando já não dói ...”Não há datas mágicas, mas já lá vão cinco anos.No dia 18 de janeiro de 2006, ouvi a...Graça Luzia, 49 anos, Mama, 2005Ler mais
  • Com 39 anos, sem saber porquê, sem sequer ter feito mamografias, fiz uma mastectomia radical a um peito. Hoje passados 34 anos aqui estou bem graças a...Maria gambino, 72 anos, Mama, 1979Ler mais
  • Queria deixar aqui o meu agradecimento a toda a equipa que me está a seguir do Hospital de Viana do Castelo e da equipa de radioterapia do Hospital...elisabete afonso, 48 anos, Mama, 2018Ler mais
  • Perdi a minha irmã em outubro de 2010, com 37 anos. Certamente não é um caso de sucesso como gostaria de partilhar mas a vida, infelizmente, não é só...Irene Silva, 47 anos, Mama, 2008Ler mais
  • Aos 32 anos, a vida sorri-nos todos os dias, principalmente quando temos um bebé a crescer dentro de nós, de repente perdemos esse bebé, por fatores...Marlene Duarte, 32 anos, Mama, 2010Ler mais
Apoios & Parcerias