Voltar

Zélia

43 anos Colo do Útero, 2017, Doente
No ano passado fiz um exame citológico cujo resultado foi anormal. Iniciou-se um processo de idas ao médico, realização de exames, cirurgia, tudo para chegar a um nome: carcinoma in situ do colo do útero.
Tenho um filho de 5 anos acabados de fazer, estava em processo de separação e isto foi mais uma "bomba" que me caiu nas mãos. Repensamos a nossa vida, vemos como ela de repente nos "engana". Faz 3 anos que perdi o meu pai com o mesmo problema e assisti a todo o processo, solitários, pequeninos como formigas. Ficamos em choque,choramos, temos medo, uma série de sentimentos que cada um terá so para si e que não é possivel dividir com mais ninguém. Aceitei a doença, levantei-me e cá estou. A minha forãa veio de mim e de amigos surpreendentes que me ajudaram, que me acompanharam e que se preocupam. A ajuda veio de onde menos esperava.
Hoje sou uma pessoa mais leve, mais calma, não perco tempo com futilidades, tenho as preocupações comuns de toda a gente, nomeadamente as de sobrevivencia porque não tenho qualquer apoio financeiro nem emprego garantido. Tento não pensar nas limitações atuais e sei que, se hoje estamos aqui, amanhã nao sabemos. Devemos aproveitar a vida o mais que pudermos nas coisas mais simples do dia-a-dia. Nós conseguimos! Depois de hoje há sempre um dia que vem a seguir.
Espero recuperar a minha saúde e ver o meu filho crescer. Sou uma mulher mais completa hoje do que há 5 anos atrás.
 
Voltar

Outros Testemunhos

  • Em março de 1985 estava um pouco magra e tinha tido uma hemorragia um pouco estranha. Contactei a minha médica ginecologista, que me acompanhava na...Maria Mendes, 63 anos, Colo do Útero, 1985Ler mais
  • Com o nascimento do meu terceiro filho, fui chamada para fazer o papanicolau, rotina. Passado uns dias recebi a chamada, a tal chamada que ninguém...Marilda, 29 anos, Colo do Útero, 2019Ler mais
  • Havia já algum tempo que estava solteira, sem relações sexuais. Tinha uns corrimentos, mas sem cor nem cheiro, então pensei que não podia ser nada de...Guida Lopes, 46 anos, Colo do Útero, 2010Ler mais
  • Há 19 anos que não fazia a citologia. Numa altura da minha vida, depois de ter passado por um divórcio difícil e querer ter a minha vida organizada, fui...Cristina Machado, 48 anos, Colo do Útero, 2014Ler mais
  • Nunca pensei que podia ser comigo, tinha uma saúde de ferro e as doenças más só acontecem aos outros: tinha 55 anos e um...Christiane Arnold, 67 anos, Colo do Útero, 2005Ler mais
  • Não posso deixar de dizer algo que pode não ser tão breve, mas que cada linha dê mais força a todos os que a leem que a anterior! Já vivi um carcinoma...Rosi Gomes, 47 anos, Colo do ÚteroLer mais
Apoios & Parcerias