Notícias

Voltar

Já são conhecidos os vencedores do Prémio Jornalismo da Liga Portuguesa Contra o Cancro

Já são conhecidos os vencedores do Prémio Jornalismo da Liga Portuguesa Contra o Cancro
São dois os vencedores da edição deste ano do Prémio Jornalismo da Liga Portuguesa Contra o Cancro, uma iniciativa que visa destacar o trabalho e o papel dos Jornalistas na sensibilização para a doença oncológica.
Os candidatos, detentores de carteira profissional, apresentaram, entre os dias 20 de julho e 4 de setembro de 2022, textos que foram publicados ou difundidos por um meio de Comunicação Social entre 1 de janeiro e 31 de dezembro de 2021.
 
Há momentos, numa cerimónia que teve lugar no Clube dos Jornalistas, em Lisboa, foram conhecidos os dois premiados deste ano, aos quais foi atribuído um prémio total de 10.000,00 euros, repartido igualmente: Ana Catarina Cabrita Joglar, da SIC, recebeu o 1.º Prémio na área dos Audiovisuais com a reportagem “Os Maestros das Emoções” e, por sua vez, na área da Imprensa, coube à reportagem “O cancro não tem sexo” de Joana Figueiredo Ascenção, da revista E do jornal Expresso, receber a distinção.
 
O painel de jurados foi presidido pelo Professor Marçal Grilo e constituído por Maria do Carmo Fonseca, Investigadora e Diretora do Instituto de Medicina Molecular; Pedro Pita Barros, Professor de Economia, Economia e Saúde, da Universidade Nova de Lisboa; António Granado, Jornalista e co-coordenador do mestrado em Comunicação de Ciência na Universidade Nova, e pela Jornalista Dulce Neto, Editora Executiva do Observador.
 
Recorde-se que esta iniciativa, que ao longo de 20 anos contou com mais de 100 candidaturas de Jornalistas, teve início em 2001, com a designação “Em nome da Vida”.​ A edição deste ano conta novamente com o apoio da farmacêutica AstraZeneca.
 
25 de Novembro 2022

Voltar

Sugestões

Apoios & Parcerias