Voltar

Andrea Gomes

34 anos Mama, 2001, Doente
Olá companheiros de guerra, o meu primeiro cancro de mama apareceu aos 23 anos, foi detectado precocemente, retiraram-me o nódulo, fizeram-me o esvaziamento axilar e fiz todos os tratamentos que na altura acharam que era o melhor, quimioterapia, radioterapia, braquioterapia, hormonoterapia, enfim.Mas valeu a pena, pois durante nove anos andei lindamente, casei, engravidei e tive o meu tesouro(filho) no final de 2008. Não fiz mamografia em 2009 porque poderia dar alguma alteração devido à gravidez, segundo o oncologista, e quando fiz em 2010 a doença tinha voltado, na mesma mama. Propuseram-me a mastectomia à mama doente mas por proposta minha acabei por fazer uma mastectomia total das duas mamas e fiz a reconstrução imediata.No decorrer dos exames detectaram-me uma metástase no figado. Fiz novamente quimioterapia, o tumor diminuiu e removeram-me a lesão. Desde então faço o tratamento de anticorpos e um tratamento de quimioterapia paliativa que, felizmente, tem mantido a doença ausente. Mais de que tudo quero deixar aqui uma palavra de força e esperança e dizer-vos que lutem sempre com muita esperança e vivam intensamente, amem e nunca desistam!!! Beijinhos para todos!
Voltar

Outros Testemunhos

  • 1 de junho de 1999, dia da criança. Foi na brincadeira com as minhas filhas que uma delas me tocou no peito e me doeu. Apalpei de imediato o local e...Isabel, 56 anos, Mama, 2001Ler mais
  • Deixo aqui muita força a todos aqueles que estão a passar por esta experiência.anabela franco, 54 anos, Mama, 2009Ler mais
  • (...) Estava envolvida num projecto profissional intenso em Lisboa, faltava-me tempo para parar e pensar... Mas estava muito assustada com o nódulo no...Fernanda Simões, 46 anos, Mama, 2005Ler mais
  • A primeira vez que ouvi a palavra cancro tinha onze anos e foi quando perdi o meu pai. Estávamos em 1975 e na época o cancro era chamado de "doença...margarida ferreira, 51 anos, Mama, 2004Ler mais
  • Em janeiro de 2008, eu e a minha mulher estávamos super felizes. Descobrimos que ela estava grávida do nosso segundo filho. Tínhamos tido o primeiro em...hugo santos, 29 anos, Mama, 2008Ler mais
  • Quando estamos perante o diagnóstico de cancro, em nós ou nos nossos entes queridos, tudo à nossa volta parece desmoronar-se e subitamente sentimo-nos...Maria, 55 anos, Mama, 2010Ler mais
Apoios & Parcerias