Voltar

Carolina Silva

18 anos Ovário, 2015, Doente
Recordo como se tivesse sido ontem, cada lágrima derramada, cada sorriso forçado, cada dor sentida.
Vivi o maior pesadelo, senti-me perdida e achei que fosse o fim.
Foram meses de luta, muitas batalhas vencidas. Dias e dias sempre com um brilho no olhar, a esperança de o dia de amanhã ser melhor que o de hoje.
Mil e um pensamentos, todos eles meio incertos. Senti-me sozinha e, no meio do nada ouvi algumas vozes. Gritaram pelo meu nome. Pediram-me coragem e força. Levantei-me, olhei à minha volta e sorri.
Eu consegui. Ultrapassei o meu maior medo. Muitas mágoas ficaram, mas estou aqui.
O ontem não volta e o amanhã não espera. Tenho muita sorte.
Voltar

Outros Testemunhos

  • Olá boa tarde, o meu nome é Sofia. Fui diagnosticada com um adenocarcinoma do ovário, aos 39 anos,grau 3b+,hoje tenho 50 anos e...Maria Carriço, 50 anos, Ovário, 2009Ler mais
  • Tive cancro do ovário há 18 anos. Tinha acabado de fazer 40 anos quando, por mero acaso, me foi detetado um tumor no ovário esquerdo (não tive um único...Maria Sobral, 58 anos, Ovário, 1995Ler mais
  • Boa tarde! Venho mais uma vez dar o meu testemunho e dizer a todos os doentes oncológicos para nunca desistirem de viver. Lutei muito com a minha mulher,...Paulo Pinto, 43 anos, Ovário, 2011Ler mais
  • Em 1999 foi-me diagnosticado um tumor de origem embrionária, bastante raro e pouco visto em Portugal, pelo menos, até àquele momento. Atualmente e após...Ana Silva, 33 anos, Ovário, 1999Ler mais
  • Começou na minha primeira consulta de ginecologia, na altura ainda tinha 20 aninhos. O médico de família detetou uma “massinha” no ovário que era...Mónica Baraçal, 21 anos, Ovário, 1Ler mais
  • É duro ouvir que temos um diagnóstico desta natureza, é duro ter 26 anos e saber que posso morrer e que ainda não concretizei os meus objetivos, que...Patricia Oliveira, 30 anos, Ovário, 2007Ler mais
Apoios & Parcerias