Voltar

Maria Soares

49 anos Estômago, 2006, Doente
Em abril de 2006, tinha 40 anos, uma gastrite e muito stress na minha vida profissional. O meu médico comunicou-me que eu tinha um tumor maligno extremamente agressivo no estômago e senti que era uma sentença de morte. A minha mãe tinha falecido 9 anos antes, ainda nova, também com cancro no estômago. Mas o meu caso foi muito diferente... Removeram-me o estômago no IPO. Tenho agora 49 anos e estou bem. O que fez a diferença foi o diagnóstico precoce. Por isso, deixo o meu testemunho sobre a importância de estarmos atentos ao que o corpo nos comunica (sem exageros, claro) e de consultarmos com regularidade um médico com quem nos sintamos compreendidos. Se posso estar agora aqui a escrever estas linhas foi por ter feito isso. E desde aí tento gerir melhor o stress e tratar melhor o meu corpo. Como se também ele fosse uma das minhas filhas queridas, que pude acompanhar até serem já jovens adultas. Ter um tumor maligno pode não significar a morte. Eu estou cá para o provar.
Voltar

Outros Testemunhos

  • Quero partilhar com o mundo a minha felicidade, vai fazer 5 anos no dia 4 abril de 2013 que fui submetida a uma gastrectomia total do estomago...Vera Ideia, 45 anos, Estômago, 2008Ler mais
  • Infelizmente, ao meu querido pai foi-lhe diagnosticado esta doença no estômago em meados de março de 2011. De imediato foi acompanhado pelo IPO, onde foi...Paulo Félix, 34 anos, Estômago, 2011Ler mais
  • Sou a Vera, tenho 32 anos e aos 28 anos foi-me diagnosticado um tumor no estômago. Ao fim de mais ou menos um ano apareceram metástases no fígado e agora...Vera Panão, 32 anos, Estômago, 2007Ler mais
  • Cancro! Sentença de morte ou uma doença que deve ser enfrentada como qualquer outra?Em julho de 2013, fui realizar uma TAC abdominal a pedido da minha...Fernando Simões, 48 anos, Estômago, 2013Ler mais
  • No mês de dezembro de 2004 o meu pai, que desde as férias de verão estava a emagrecer bastante, ouviu do médico o diagnóstico - Adenocarcinoma...Isabel, 55 anos, Estômago, 2004Ler mais
  • Os testemunhos aqui deixados nunca são de mais. Por isso, gostava de partilhar o meu. Tenho 22 anos e desde os meus 18 anos que lido direta ou...Diana Almeida, 22 anos, Estômago, 2009Ler mais
Apoios & Parcerias