Porque quem precisa, precisa de nós!

Contribua com o seu donativo
Porque o doente oncológico continua a precisar de si.Porque o doente oncológico continua a precisar de si.Obter as referências para donativo
O cancro é uma experiência marcante na vida de doentes, familiares e amigos. O choque do diagnóstico, as limitações associadas aos tratamentos e a incerteza quanto ao futuro, contribuem para um sentimento de tristeza, solidão e angústia. Com estes testemunhos pretendemos incrementar a partilha de vivências entre aqueles a quem já foi diagnosticada uma doença oncológica ou que acompanharam de perto esta experiência.
Testemunhos
  • Em 2002 apareceu um sinal novo, pequenino e muito escuro. Recorri a um especialista e, de imediato, foi retirado. Só em 2012 tive alta. Fiz vigilância com...Maria Teresa, 55 anos, Melanoma, 2002Ler mais
  • Com a minha idade, estive muito em dúvida se haveria ou não de deixar um testemunho. Por nenhum outro motivo que não o de muitas das pessoas que me...Marta, 22 anos, Colo do Útero, 2009Ler mais
  • Chamo-me Eduardo Marques. 38 anos. Vendedor. Um homem, como outro qualquer. Com uma diferença para muitos outros, que o torna menos igual entre iguais -...Eduardo Marques, 38 anos, Mama, 2013Ler mais
  • Muito cedo a vida me mostrou que o caminho que eu teria de percorrer, não iria ser fácil. Que teria de crescer muito rapidamente, e que teria de passar...Ana Paula, 37 anos, OutroLer mais
Idade
Sexo
Tipo de Cancro
Tipo de Testemunho
 
476 Testemunhos
  • Em 1999, foi-me diagnosticado um cancro nas cordas vocais, originado em grande parte pelo tabaco. Fui operado e fiz trinta e cinco aplicações de radioterapia. Em 2006, foi-me diagnosticado um cancro no colon, fui operado e foi considerado que não precisava de tratamento. Em 2007, foi-me diagnosticado um terceiro cancro, desta vez no...Alcides Manuel Gonçalves Horta, 65 anos, Colo-Rectal (Intestino), 2006, DoenteLer mais
  • Após uma Mamografia de Rastreio do Cancro da Mama, a minha mãe recebeu uma carta para se apresentar lá novamente porque haviam algumas dúvidas referentes ao primeiro exame."Serão apenas dúvidas." -, pensávamos nós.No dia 06/09, fomos à nova consulta, repetiu...Alexandra Costa , 25 anos, Mama, 2017, FamiliarLer mais
  • Nestes quase dois anos aprendi a aceitar a minha doença mas não me deixei consumir por ela. Sou uma mulher feliz, na mesma, mãe de dois filhotes maravilhosos, com uma profissão que me realiza e que adoro e com uma família e amigos maravilhosos! A minha mensagem é mesmo essa...continuem a ser felizes,...Alexandra Sofia Tiago Quelhas Guterres, 43 anos, Colo-Rectal (Intestino), 2014, DoenteLer mais
  • Comecei por ficar rouco quando falava. Fui ao médico que me diagnosticou uma constipação e por iniciativa própria pedi para ir ao IPO onde me foi diagnosticado cancro na laringe. Fui operado no dia 20 de abril de 2010 e felizmente estou aqui para as curvas... Desistir da doença é o pior que se pode fazer. Lutar sempre porque é tão bom...Alfredo Pratas, 61 anos, Laringe, 2010, DoenteLer mais
  • É com grande tristeza que eu estou a dar o meu testemunho pois infelizmente perdi a minha mãe em 7 meses, com um tumor no recto. Sinto-me derrotada pois era uma luta nossa. Eu estive sempre presente em tudo desde que lhe foi diagnosticado o tumor (fui a primeira a saber). Não me quero lembrar o que senti, mas ao mesmo tempo senti uma força...Almerinda Marta, 36 anos, Colo-Rectal (Intestino), 2010, FamiliarLer mais
  • Estávamos sentados à mesa da cozinha em nossa casa quando o meu tio, mais uma vez, se engasgou e, como de costume, a minha tia começou a ralhar com ele para comer mais devagar. Ele nem ligou, saiu a correr e foi para casa. Nesse momento, senti que se passava qualquer coisa.Decidiram então ir ao médico. Exames, exames e mais exames (…)....Ana , 18 anos, Esófago, 2005, FamiliarLer mais
476 Testemunhos
Apoios & Parcerias