Porque quem precisa, precisa de nós!

Contribua com o seu donativo
Porque o doente oncológico continua a precisar de si.Porque o doente oncológico continua a precisar de si.Obter as referências para donativo
O cancro é uma experiência marcante na vida de doentes, familiares e amigos. O choque do diagnóstico, as limitações associadas aos tratamentos e a incerteza quanto ao futuro, contribuem para um sentimento de tristeza, solidão e angústia. Com estes testemunhos pretendemos incrementar a partilha de vivências entre aqueles a quem já foi diagnosticada uma doença oncológica ou que acompanharam de perto esta experiência.
Testemunhos
  • Em setembro de 2013, foi-me diagnosticado um linfoma de Hodgkin. Nos primeiros tempos, não tinha caído em mim e pensava: “Isto está mesmo a...Filipe Costa, 23 anos, Linfoma Hodgkin, 2013Ler mais
  • Em 2000 foi diagnosticado ao meu pai cancro colo-rectal já em fase avançada mas, apesar da pouca esperança, ele venceu de uma forma surpreendente. Com...Ana Carvalho, 36 anos, Pulmão, 2004Ler mais
  • Sei o quão importante são estes testemunhos na vida dos familiares e doentes oncológicos, eu própria vim várias vezes ler...Anónimo, 29 anos, Boca/Língua, 2016Ler mais
  • Só no ano de 2013, com a ajuda da minha psicóloga, consegui dizer “tive cancro”.Só hoje consigo escrever sobre o assunto, esperando que o meu...Maria DIAS, 55 anos, Mama, 2010Ler mais
Idade
Sexo
Tipo de Cancro
Tipo de Testemunho
 
476 Testemunhos
  • Olá! O meu nome é Ana, tenho 23 anos e no ano passado foi-me diagnosticado um linfoma de Hodgkin. Em plena juventude, o dia do diagnóstico levou um pouco de mim... Chorei, chorei muito, mas também posso dizer que foi o único dia que chorei. Apenas com uma palpação ao meu pescoço e as minhas descrições de cansaço, perda de peso (8kg)...Ana Cláudia, 23 anos, Linfoma Hodgkin, 2011, DoenteLer mais
  • Olá!Nos últimos seis anos tive a experiência mais marcante e devastadora da minha vida, mas também o renascer da esperança a cada tratamento e a cada cirurgia. Foi-me diagnosticado cancro da mama no início de 2007. Fiz mastectomia radical bilateral e também reconstrução bilateral (…). Fiz 6 sessões de quimioterapia e 25 sessões...Ana Cristina, 47 anos, Mama, 2007, DoenteLer mais
  • Sou uma mulher de entre tantas que, de um momento para o outro, sentiram a sua vida virada do avesso ao ser-me diagnosticado um cancro na mama. Tinha 39 anos, não fumadora, mas “ele” aí estava sem pedir licença. Fundamental para mim, para a minha cura foram o apoio e carinho sentido pela família e amigos. Ir partilhando com eles,...Ana Cristina Costa, 45 anos, Mama, 2005, DoenteLer mais
  • Passaram três anos desde que o meu marido partiu. Já vivi 1114 dias sem a sua presença física. Foram dias muito duros. Foram dias em que mostrei uma coragem, nascida da dor que me afogava, proporcional à determinação que tinha em acompanhar os nossos três filhos no seu crescimento e na sua vida. Já que eles tinham perdido o pai não...Ana Cristina Ferreira Antunes, 47 anos, Pulmão, 2006, FamiliarLer mais
  • Recomeçar não é mais que isso mesmo - voltar a começar. Voltar a começar algo que deixou de ter continuidade, que ficou perdido ou que deixou de fazer sentido. Recomeçar é não querer perder. É não desistir. É um buscar da força e da esperança que talvez julgássemos ter perdido. Recomeçar é amor, por nós ou pelos outros. É ser...Ana Cristina Ferreira Antunes , 48 anos, Pulmão, 2006, FamiliarLer mais
  • Este ano civil está a terminar. Como foi doloroso viver cada um dos dias que passaram. Quando olho para trás, vejo que estando viva, quis deixar de existir. Não que fosse capaz de tomar alguma atitude para deixar de viver. Não pelos meus filhos. E quero acreditar, não por mim também. Hoje estou determinada. A partir do próximo ano...Ana Cristina Ferreira Antunes , 48 anos, Pulmão, 2006, FamiliarLer mais
476 Testemunhos
Apoios & Parcerias